#

Boma – Flavors of Africa – Jantar com sabores africanos

E aí, pessoal! Tudo bem?

No post de hoje, você conhecerá o Boma, um dos restaurantes localizados no Disney’s Animal Kingdom Lodge.

Este é um dos restaurantes que demorou para sair da nossa listinha de “desejados”. Sempre tivemos vontade de conhecê-lo, mas nunca a oportunidade aparecia.

Para vocês terem ideia, sempre que fazemos o caminho de casa para os parques da Disney, passamos em frente a este Resort e todas as vezes pensávamos “temos que marcar de vir ao Boma”… e nunca acontecia! Acho que a gente falava essa frase ao menos duas vezes por semana! 🙂

 

 

Por ficar dentro de um hotel da Disney, o estacionamento é gratuito. A ida ao restaurante é permitida não somente para hóspedes deste hotel, mas para toda e qualquer pessoa.

Neste post vamos falar do jantar e, indo neste horário, a dica mais importante que podemos dar é: chegue cedo!

O Disney’s Animal Kingdom Lodge é um dos mais lindos de todo o Complexo, na nossa opinião, e, como ele tem uma reserva animal, onde podemos ver zebras, girafas e várias outras espécies bem de pertinho, o bacana é ir com o dia ainda claro para poder garantir boas fotos.

 

 

Os animais ficam na parte externa do hotel. Para vê-los, basta entrar na recepção e seguir para os fundos do mesmo. Logo à frente, você já verá a reserva (os quartos deste resort têm vista para ela – luxo total!) e alguns funcionários (Cast Members) ajudando quem tem dúvida sobre algo.

Vale mencionar que de dentro do Boma não se tem visão deles. O restaurante que dá vista para a savana é outro, o Sanaa.

 

 

O restaurante fica no andar abaixo da recepção, então, para chegar até ele é preciso descer as escadas que ficam em frente ao balcão de Check In ou utilizar os elevadores. Há placas indicativas por todo o hotel.

 

 

É recomendado ter reserva antecipada e, para fazer a sua, basta clicar aqui. O ideal é fazer com seis meses de antecedência.

Apresentando o nome e/ou número de confirmação da reserva, basta aguardar um pouquinho a mesa ficar pronta e já é hora de sentar.

 

 

O ambiente do restaurante é todo inspirado na África. Móveis escuros, uniformes dos garçom nas cores marrom, amarelo, verde e vermelho e elefantes espalhados por todo lado.

 

 

Vale mencionar, como em todos os posts que fazemos aqui no Blog falando de restaurantes, que o atendimento é todo feito em inglês. Dificilmente, você encontrará algum garçom falando em português em um tipo de restaurante como este.

Por outro lado, o Boma é um ótimo restaurante para quem não fala inglês, pois como ele é Buffet, não é preciso se preocupar com os pedidos do cardápio. Basta se dirigir para o balcão, pegar as comidas e pronto! Só vai ser preciso falar em inglês para pedir as bebidas.

 

 

O cardápio do jantar é bem parecido com os oferecidos nos restaurantes Tusker House, Chef Mickey’s e Hollywood and Vine, porém, aqui o destaque fica por conta de alguns pratos com influência africana.

Nele, encontramos variados tipos de carne e peixe, massas, arroz e feijão (ambos feitos de um jeito africano e não brasileiro rsrss), saladas, pães com pastas, dentre outros.

Para conferir o cardápio completo, clique aqui.

Eu, Rebeca, não gosto de restaurante estilo buffet. Já falei outras vezes aqui no Blog e repito: acho que as comidas ficam reviradas e, por mais que sejam gostosas, a aparência nunca é bacana.

Prefiro restaurantes em que pedimos nosso próprio prato individual, como Be Our Guest, Royal Table, San Angel Inn, Tutto Italia, Coral Reef, Tony’s Town, Skipper Canteen, dentre tantos outros que estamos sempre falando aqui no Blog.

 

 

Tudo o que comemos estava delicioso, porém, é preciso tomar cuidado com alguns itens, como o arroz e o feijão, por exemplo, que têm influência africana, então, os temperos são diferentes dos que estamos acostumados.

O item que foi unanimidade em nossa mesa como o melhor do buffet foi o purê de batata doce. DE-LÍ-CIA!

 

 

Na parte das sobremesas, há variados tipos de doces e cookies.

Uma das sobremesas mais famosas, que é oferecida tanto no café da manhã quanto no jantar, é a Zebra Domes, este doce preto e branco que aparece na foto abaixo.

O item é considerado como “iconic treat“, ou seja, sobremesa icônica, e é composto por chocolate, café e licor.

 

 

Eu, Rebeca, particularmente, não achei nada saboroso, talvez porque eu não curta doces com sabor de café. É mais uma questão de gosto!

Confesso que já provei outras delícias pelos parques bem mais deliciosas do que esta. É o que eu sempre digo: há “fantasias” que as pessoas criam na internet que, no fundo, são apenas fantasias. Na realidade, quando vamos conferir de perto, podemos acabar nos decepcionando.

Esta avaliação pode ser crua e fria da minha parte, mas muitas vezes acaba sendo realidade para a gente, como é o caso do Dole Whip (sorvete oferecido no Magic Kingdom) e do “passeio” de Monorail. Cria-se uma expectativa gigante na internet e, quando vamos ver de perto, não é nada daquela grandiosidade apresentada anteriormente. ;(

Voltando para os doces, o que foi unanimidade como o mais gostoso em nossa mesa foi a torta de limão – Key Lime Cheesecake. Uma delícia!

 

 

As únicas refeições que o Boma dispõe são café da manhã e jantar. Os preços fixos do buffet são diferenciados. Pagando os valores abaixo, você pode comer quantas vezes desejar e o que desejar.

 

 

Caso você faça parte do Disney Dining Plan, o plano de refeições da Disney, este restaurante exige 01 crédito de Table Service por pessoa.

 

 

Se você não tem ideia do que estamos falando, sugerimos conferir o vídeo abaixo e/ou ler este post aqui, onde damos todas as informações sobre o plano.

 

 

Nossa avaliação do Boma é positiva apenas pela localização (o hotel é lindo e rende belíssimas fotos, bem como um passeio diferente), pelo ambiente muito bem decorado do restaurante e pelo atendimento nota 10.

Confessamos que a comida deixou um pouquinho a desejar, principalmente, a parte das sobremesas.

 

 

Até o próximo post!

 

 

Se você é um dos viajantes dos próximos meses e ainda não fez seu roteiro de viagem, conheça o Guia Virtual Rumo a Orlando Direto ao Ponto clicando aqui.

 

Temos certeza que ele ajudará bastante na sua viagem, pois tem 23 dias de programação sugerida, passo a passo e indicações de agendamento de Fast Pass, guia de GPS completo com endereços, sugestões de locais para compras e restaurantes, rota a seguir dentro dos parques e diversas dicas importantes para uma viagem internacional.

 

 

Para ser avisado quando um novo post aqui no Blog for ao ar, assine gratuitamente nossa Newsletter.

 

Veja o que o Rumo a Orlando pode oferecer de serviços para a sua viagem:

 

 

error: Conteúdo protegido.