#

Economia na viagem – Só funciona se fizer de maneira adequada.

E aí, pessoal! Tudo bem?

O post de hoje é direcionado para aqueles que estão fazendo contas e mais contas para viajar. 🙂

Sabemos que, para muitas pessoas, uma viagem aos Estados Unidos não é algo que se faz de uma hora para outra e que há muito sacrifício envolvido.

to-fazendo-as-contas

E com isso, surgem algumas ideias de economia que, em nossa opinião, são uma baita furada.

Podemos falar sobre este tema com total propriedade, pois atendemos mensalmente dezenas de famílias com o nosso serviço de Roteiro Personalizado, que consiste em não somente organizar os passeios das férias em um roteiro, mas também assessorar o cliente tirando todas as dúvidas que ele tem sobre a viagem.

E muitas das dúvidas que recebemos são em relação a como economizar: como reduzir os custos com alimentação, com ingressos, com aluguel de carro, com hotel, com transporte, com compras e, acredite, até com pedágios (que já possuem o custo baixíssimo)!

Fazendo-contas-na-calculadora

Abaixo, vamos relacionar algumas dúvidas que já recebemos e falar um pouco sobre nossa opinião sobre elas, pois estes podem ser os seus questionamentos também.

– Pretendo economizar com hospedagem, mas tenho o sonho de ficar em um hotel da Disney. Por isso, vou ficar apenas 4 dias no hotel da Disney e depois passo para outro hotel. O que você acha?

Ao fazer a viagem desta forma, é preciso “aglomerar” todos os parques do grupo Disney seguidamente em um curto período de tempo, a fim de conseguir visitar os 4 parques temáticos deste grupo no mesmo tempo em que se está hospedado dentro do Complexo Disney, já que é mais perto. Isso é extremamente cansativo.

Magic Kingdom, Hollywood Studios, Epcot e, agora, o Animal Kingdom (que também está fechando tarde, como mostramos aqui) são parques em que chegamos às 09:30 da manhã e vamos embora somente às dez da noite. É muito tempo de parque! Isso é bem cansativo, até mesmo para quem está acostumado.

A princípio, pode parecer “inofensivo”, mas visitá-los seguidamente é uma verdadeira maratona, que não recomendamos para ninguém.

Para unir o sonho de se hospedar em um hotel Disney à economia na hospedagem, mas sem estragar suas férias, nossa dica é ficar não somente 04 dias, mas sim, ficar 06 dias neste hotel. Assim, você consegue ter espaço para considerar um intervalo entre os parques, com algum dia de compras ou passeio em Disney Springs.

Se você vai ficar 10 dias em Orlando, por exemplo, fazendo desta forma, você não precisará ficar o período inteiro neste hotel (economia!), você realizará o seu sonho (maravilha!) e não fará da sua viagem uma maratona desgastante (melhor ainda!). 😉

“Ah, Rebeca, mas você está me recomendando ficar mais dois dias em um hotel que é caro só por causa do cansaço??? Não vale a pena!”

Em nossa opinião, nenhuma economia no mundo vale mais do que o nosso conforto, pois podemos pensar que estamos economizando, mas o cansaço extremo gera outros tipos de perdas, que, infelizmente, grande parte dos turistas só percebe durante a viagem e depois volta arrependido. Veja alguns exemplos:

1 – o cansaço extremo pode nos deixar doentes e, com isso, você vai ter que gastar dinheiro comprando remédios ou perder dias de parque doente no hotel. Olha a perda!

2 – o cansaço extremo faz com que não aproveitemos os parques como eles devem ser aproveitados. Resultado: desperdício de cem dólares de ingresso!

3 – o cansaço extremo pode nos deixar estressados e com isso, as brigas começam, principalmente, para quem viaja em grupo grande . Resultado: desperdício de cem dólares de ingresso ou, pior, de uma viagem inteira! Já vimos isso acontecendo com diversos passageiros nossos. É um sonho “indo pelo ralo”.

Bem… é uma questão de balancear: economia demais ou stress de menos? 😉

DSCN2897

Vale a pena ficar assim no parque? Em nossa opinião, não. Mas, acredite, um dia já ficamos. srrss ;)
Vale a pena ficar assim no parque? Em nossa opinião, não. Mas, acredite, um dia já ficamos. srrss 😉

 

– Pretendo economizar com transporte. Não vou alugar carro, pois ficarei hospedado em um hotel da Disney e depois irei para um hotel perto da Universal.

Geralmente, quem não aluga carro e se hospeda em hotel da Disney durante determinado período da viagem (e não na viagem toda) acaba caindo na mesma cilada da maratona de parques citada acima. Isso, em nossa opinião, já é ruim. Se agravado pelo fato de estar sem carro, piora tudo!

Além disso, é preciso ter em mente que se economizará de um lado, mas ainda assim, haverá custos envolvidos.

Como ir do Complexo Disney para o outro hotel? Será preciso gastar com táxi (que não sairá por menos de U$50 um trecho) ou contratar um transfer.

Como ir para os parques restantes e para os dias de compras estando neste segundo hotel que, possivelmente, não terá transporte? Será preciso gastar com táxi (que não sairá por menos de U$50 um trecho) ou contratar um transfer.

Faça as contas e perceba que no fim, pode acabar saindo o mesmo valor do aluguel de um carro. 😉

“Ah, Rebeca… Mas alugar carro envolve custos com estacionamento, gasolina, pedágio… Sai muito mais caro!”

Mas, e o seu conforto? Não vale?

Já passamos pela experiência de usar o UBER ao sair dos parques e achamos beeem chato.

Primeiro de tudo: é preciso ter um chip telefônico com internet habilitada para poder pedir o carro (se pedir de dentro do parque, onde tem wi-fi, corre o risco de, ao chegar ao ponto de parada, o motorista já tenha ido embora, pois não aguentou esperar). Apenas para comprar o chip você vai gastar cerca de U$90. Clique AQUI para comprar seu Chip com a maior cobertura para a sua viagem.

 

Depois, tem o fato de ter que ficar esperando, cansado, exausto e doido para chegar ao hotel.

E, por último, mas não menos importante, a perda de tempo procurando o local onde o motorista está parado. Isso, em nossa opinião, é um MUITO RUIM! 🙂 Imagina sem saber falar inglês para perguntar quando estiver perdido, com criança, criança dormindo, criança chorando, carrinho de bebê, idoso reclamando que tá frio, que tá calor, que tá cansado… Argh! No way! Muito stress!

Nada melhor do que o seu carrinho ali, paradinho, te esperando no estacionamento, à sua disposição para quando “der na telha” que você quer ir embora, principalmente, se houver algum imprevisto no parque, como alguém ter passado mal ou muita chuva, por exemplo. Vai por mim! Na hora do desespero, só queremos saber de tomar alguma ação e não de ficar esperando. 😉

DSC00451

Certa vez, atendemos um cliente que se hospedou na Disney no começo da viagem e depois, passou para um hotel na área da International Drive. Porém, ele não quis alugar carro em nenhum momento da viagem, pois achava que o I-Ride Trolley passava por todos os pontos que ele desejava ir fora do Complexo Disney.

Não é bem assim… A famosa “jardineira da International Drive” passa sim por diversos locais, mas não abrange todos. É preciso ficar de olho nisso para não ficar “a ver navios” na hora, sem saber o que fazer. Você vai acabar pegando um táxi, gastando com isso, e perdendo mais tempo.

Outro exemplo recente de uma outra cliente foi usar o Shuttle do hotel para os parques. Ela também não alugou carro para o período todo da viagem, pois o hotel oferece transporte.

Percebam a cilada: este hotel “oferece transporte”, mas analisando mais afundo, observa-se uma total limitação do mesmo: há horário certo para sair e voltar, para levar para dentro da Disney ele, funciona apenas para o Epcot, e antes de ir para o Sea World, ele passa na Universal.

Com isso, observe o que será preciso que esta cliente faça para chegar aos destinos desejados (abaixo, dois exemplos):

– Sair do hotel Avanti com o Shuttle deles e ir para o Magic Kingdom: pegar o Shuttle do hotel em direção ao Epcot (este trajeto durará cerca de 40 minutos) + pegar o Monorail no Epcot em direção ao Ticket and Transportation Center (cerca de 30 minutos) + efetuar a troca dos vouchers pelos tickets físicos (cerca de 20 minutos) + pegar o Monorail no Ticket & Transportation Center em direção ao Magic Kingdom (mais 20 minutos). Percebam o tempo que ela levará no total desde o momento em que sair do quarto no hotel até estar, de fato, dentro do Magic Kingdom: QUASE DUAS HORAS! Em duas horas, vamos de uma cidade à outra nos EUA.

– Sair do hotel Avanti com o Shuttle deles e ir para Disney Springs: pegar o Shuttle do hotel em direção ao Epcot (este trajeto durará cerca de 40 minutos) + pegar o ônibus da Disney em direção a algum hotel do Complexo Disney (cerca de 30 minutos) + pegar o ônibus da Disney em direção a Disney Springs (cerca de 30 minutos). Como os transportes da Disney não funcionam de parque para Disney Springs, é preciso fazer baldeação em algum hotel e, com isso, ela gastará quase 1h e meia neste trajeto.

Em nossa opinião, não compensa. Definitivamente. Ainda mais sem saber falar inglês e estando sozinha com uma criança. É perrengue na certa!

avanti_resort_hotel_shuttle_to_theme_parks

Ficar sem carro em Orlando é recomendado apenas para quem realmente não sabe dirigir, do contrário, os moradores não teriam carro e usariam os transportes públicos, concorda? 😉

Falamos mais sobre isso neste vídeo:

– Pretendo economizar com alimentação. Vou comer apenas em restaurantes em que eu gaste, no máximo, U$10 por pessoa.

Epa, epa, epa!! Olha a cilada aí! 🙂

Conforme falamos neste post, para comer bem nos EUA é preciso investir na alimentação, pois se come muito bem sim, mas há um preço para isso.

Comer gastando só U$10 por pessoa por refeição é sinônimo de comer somente fast-food (hambúrguer, batata-frita, pizza e cachorro-quente) durante toda a viagem.

A consequência disso pode ser desastrosa. Já passamos por diversas delas na pele e por diversas vezes: pegar uma infecção alimentar e ir parar no hospital (perde-se ao menos um dia de parque com isso, fora o nervosismo de lidar com uma situação dessa fora do seu país), ter aftas na boca durante toda a viagem, pegar uma gripe fortíssima devido à imunidade baixa, dentre outras coisas.

principsais-sintomas-da-intoxicacao-alimentar-2-640-427

Há diversos restaurantes deste tipo na cidade. Eles são o que os americanos mais gostam e há “um em cada esquina”! Por isso, grande parte da população americana tem problemas de saúde e é obesa.

“Mas o que fazer então, Rebeca? Preciso economizar nesta parte!”

Compre lanches no mercado e leve para os parques. Faça sanduíches, compre sucos, água, frutas e o que mais achar conveniente para a sua família. Não precisa levar lanches todos os dias, pois é normal enjoar. Então, vá intercalando e leve um dia sim, outro não, pois, desta forma, você já estará economizando e não estará prejudicando a sua saúde. 😉

Neste caso, é importante ressaltar que os parques Sea World, Busch Gardens, Animal Kingdom e Aquatica não permitem entrar com lanches por causa dos animais. E não há local para esquentar comida de adulto, por isso, os sanduíches são sempre a melhor opção.

lanche-capa

Há diversas maneiras de se economizar em uma viagem internacional.

Economize ficando em um hotel de uma categoria inferior, economize reduzindo a quantidade de parques a serem visitados, economize tomando café da manhã no hotel com itens comprados no mercado, economize ficando menos dias na cidade, economize contratando o dining plan em uma promoção gratuita, economize alugando um carro de uma categoria inferior (e contratando uma empresa de transporte para levar apenas as suas malas para o aeroporto), economize reduzindo as compras e comprando apenas o essencial mesmo, economize fazendo passeios gratuitos e por aí vai! São diversas as alternativas.

Mas, nós imploramos… Não economize no seu conforto, na sua segurança e na sua saúde. Elas são ESSENCIAIS para a sua viagem ser um sucesso total. Lembre-se: o barato nem sempre é o melhor. 😉

Você também pode gostar dese vídeo:

Até o próximo post!

Se você está precisando de ajuda para economizar na sua viagem a Orlando, adquira nosso E-Book “Como Economizar em Orlando” clicando aqui. Dicas práticas, dadas pelo Rumo a Orlando, que já deu entrevista para o canal de televisão Record News e palestrou na Convextur sobre este tema. Neste E-Book, comprovamos por A + B que é possível economizar até U$ 3.000 nos custos da sua viagem.

economizar_site

Se inscreva em nosso canal no Youtube para não perder nenhuma dica nossa sobre Orlando.

 

Acompanhe nossos passos:

INSTAGRAM

FACEBOOK

  1. Vera says:

    Oi , bom dia , gostaria de saber quanto custa um ebook para férias de 3 adultos no período de julho/17 , chegamos em Orlando no dia 19 de tarde e retornamos ao Brasil dia 04/08 , mas nestes dias gostaria muito de conhecer aquele outlet distante que vcs deram a dica é uma praia que me falaram que é muito bonita no píer 60 e minha gostaria de nadar com os golfinhos kkkk, muito obrigada.

error: Conteúdo protegido.