#

Wine Walk e Drinking Around the World – dois segredos para adultos escondidos no Epcot

E aí, pessoal! Tudo bem?

O post de hoje é para aqueles que gostam de provar novas bebidas.

Como todos já sabem, o Epcot é o melhor parque para se deliciar com novos sabores e cheiros. São 11 pavilhões de países e, em cada um deles, uma nova surpresa, seja para comer, beber, comprar ou apenas ver.

Caso a sua viagem seja no período do Food & Wine Festival, melhor ainda, pois, além das especiarias regulares encontradas nos 11 países, é possível ter acesso a diversos outros países.

Mas, se este não é o seu caso, não se preocupe, pois ainda assim, você encontrará muita comida gostosa e… muitas bebidas. Uma mais deliciosa do que a outra.

14322713_1089049141131632_4378225061890439899_n

O post de hoje é sobre elas, as bebidas.

O que vou encontrar em cada pavilhão? Existe algum tipo de desconto se eu provar uma bebida em cada país? Quanto vou gastar? Muitas são as dúvidas dos apreciadores de vinhos, saquês, cervejas, espumantes, dentre outros, que estão com visita agendada para este parque.

DSC_0298

Alguns já devem ter ouvido falar (e outros não) da brincadeira Drinking Around the World, popularmente conhecida entre os americanos, mas que não cai no gosto de todo e qualquer turista.

Trata-se de uma brincadeira em que o objetivo maior é finalizar a visita aos 11 pavilhões dos países degustando uma bebida em cada um deles. Funciona como uma “maratona de bebidas”.

Não se ganha nada ao finalizar a brincadeira, apenas momentos alegres e felizes ao lado dos amigos.

Há quem não goste da brincadeira por achar que parque temático não é lugar de bebidas, mas o fato é: apreciando com moderação, não há mal nenhum. Portanto, se você tem intenção de fazer o Drinking Around the World, tenha sempre em mente que ali é lugar de criança também e não cometa exageros, pois você pode até vir a ser convidado a se retirar do parque.

Então, hoje, você vai ver onde beber, o que beber e como beber tudo o que tem de bom em cada pavilhão do Epcot.

DSC_0255

1 – México

Neste pavilhão há duas opções de bebidas super famosas entre os mexicanos: Tequilas e Margaritas.

Se você é fã das margaritas, a dica é seguir direto para o restaurante La Cantina. Além de oferecer uma pequena vista para os fogos, ele oferece 4 opções desta bebida, que variam de U$ 3,25 a U$14,75.

DSC_0211

DSC_0207

DSC_0208

DSC_0210

Já se o seu forte são as tequilas, a dica é entrar no pavilhão mesmo (dentro da pirâmide) e procurar pelo La Cava del Tequila, que funciona como uma espécie de bar, onde a especialidade são as tequilas, que variam de U$ 10,00 a U$ 30,00, e onde só pode entrar quem realmente vai beber.

DSC_0212

DSC_0215

DSC_0217

DSC_0216

2 – Noruega

O pavilhão da Noruega é um dos nossos preferidos para este tipo de consumo e não há uma vez que visitamos este parque sem deixar de tomar um copinho da cerveja Carlsberg, que é d-e-l-i-c-i-o-s-a. 🙂

Ela é encontrada no quiosque que fica no exterior do pavilhão e custa U$ 9,50. Se vier em um copo temático, o valor passa para U$ 14,75.

DSC_0221

DSC_0222

DSC_0224

3 – China

Há algumas opções de vodka com rum, mas o destaque fica por conta da famosa cerveja Tsing Tao, que custa U$ 6,50.

DSC_0226

DSC_0225

4 – Alemanha

Quando pensamos em Alemanha, o que vem à cabeça é… CERVEJA! E tem muita cerveja neste pavilhão mesmo. Mas, não é só isso. Há também ótimos vinhos.

Se sua ideia é ficar apenas nas cervejas, a dica é optar pela Altenmunster, pois a outra opção disponível é muito adocicada e com gosto de frutas. Ela custa U$ 9,50 e, para acompanhar, sugerimos um Pretzel. 😉

DSC_0227

DSC_0229

Já se você preferir seguir para a “ala” dos vinhos, dirija-se para a loja Weinkeller, localizada ao lado do restaurante Biergarten.

DSC_0230

DSC_0235

Ela é repleta de opções de vinhos e não deixa a desejar quando o assunto são os acompanhamentos. Há esta porção de queijos com presunto e pretzels, que é uma ótima opção para aqueles que precisam de um intervalo entre as bebidas. 😉 A porção de queijos custa U$ 5,00.

DSC_0231

Durante nossa “saga” pelos pavilhões dos países para conhecer mais a fundo o Drinking Around the World, caiu uma chuva daquelas de deixar qualquer um meio desanimado. Ficamos cerca de 40 minutos presos nesta adega.

DSC_0249

Mas, veio o lado bom (como tudo na vida). Tivemos mais tempo para explorar este canto do pavilhão, que sempre passa batido.

E, foi assim que conhecemos o Wine Walk, outra brincadeira bem parecida com o Drinking Around the World. Resolvemos entrar na onda…

DSC_0236

Participando desta brincadeira, paga-se U$ 20,00 por 02 taças de vinho nos pavilhões da Alemanha, Itália e França. Em nossa opinião, vale muito a pena, em comparação com os preços das bebidas restantes encontradas nos pavilhões.

Dá para brincar e provar novos sabores sem gastar muito. Este valor pode ser dividido para duas pessoas, já que a cada pavilhão recebem-se duas taças.

DSC_0244

DSC_0252

Começando na Alemanha, os vinhos são o Spatlese e o Liebfraumilch. Deliciosos. Leves. Saborosos. 😉

DSC_0255

DSC_0257

Cada participante ganha uma cartela, que é carimbada com o local e o nome do vinho degustado.

DSC_0242

5 – Itália

Neste pavilhão também tem vinho para carimbar nosso Wine Walk! Oba!

Se você estiver participando da brincadeira, dirija-se para a adega chamada Enoteca Castello, que fica logo na entrada do pavilhão, à direita.

DSC_0258

DSC_0238

DSC_0237

Na Itália, os vinhos são o Pinot Grigio e o Rosa Regale, que se tornou um dos meus (Rebeca) “preferidos da vida”. Super leve também, ótimo para quem está iniciando no universo dos vinhos agora, como nós.

DSC_0248

DSC_0247

Vale mencionar que garrafas de todos os vinhos que estão aparecendo neste post são vendidas nas adegas dos pavilhões. Mais à frente falaremos sobre isso.

6 – Estados Unidos

Esse pavilhão é bem fraco… Podemos dizer que é um dos piores tanto para comer quanto para beber. Por incrível que pareça, afinal, estamos fisicamente nele! srsrs 🙂

Brincadeiras à parte, no quiosque localizado no exterior do pavilhão, encontram-se algumas poucas opções de cerveja. Nos arriscamos a dizer que neste “dá para passar direto” quando o assunto é bebidas.

DSC_0259

DSC_0261

7 – Japão

Aqui é para quem gosta de saquês. Mas, nem só de saquês vive um bom e velho japonês. Por isso, você também encontra alguns tipos de cerveja no quiosque que fica na parte externa do pavilhão. A mais famosa é a Sapporo, que custa U$ 12,00.

DSC_0262

DSC_0263

DSC_0266

Outro clássico deste pavilhão é a Kirin Ichiban Frozen Beer, que custa U$ 8,25 e é uma versão Frozen da cerveja Kirin.

DSC_0269

8 – Marrocos

No pavilhão mais charmoso de todos, em nossa opinião, há dois locais ótimos para provar “uns bons drinks”. srsrs 😉

O primeiro é no quiosque localizado no exterior do pavilhão, onde encontram-se diversas cervejas do mediterrâneo, que custam U$ 6,99 cada uma. Neste quiosque há também slushies e sangria.

DSC_0273

DSC_0270

DSC_0274

Já se você busca por um lugar onde possa sentar, comer, beber e ver o show de fogos IllumiNations, a dica é o Spice Road Table. Logo ao entrar, já avistamos uma parede repleta de bebidas no bar do restaurante. Ali, a brincadeira é séria e os preços são mais altos. Tem vodca, pina colada, sangria, licor, vinho e cerveja.

DSC_0275

DSC_0278

9 – França

Mais um pavilhão participante do Wine Walk. O último, que pena! 🙁

DSC_0292

DSC_0293

Dirija-se para a adega Vins de France, que fica nos fundos do pavilhão e ao lado da Boulangerie Patisserie, apresente sua cartela no caixa da adega e receba as duas últimas taças de vinho.

Eles vêm para fechar esta brincadeira com chave de ouro: Pouilly-Fuissé e Tour de Ségur. Ambos deliciosos também.

DSC_0295

DSC_0300

O mais bacana do Wine Walk é que todas as bebidas degustadas são vendidas nas adegas de cada pavilhão. Os preços de algumas bebidas vendidas no pavilhão da França podem ser conferidas na foto abaixo:

DSC_0298

Observe que neste pavilhão, há outros dois “tours de bebidas”, assim como o Wine Walk.

O Tour de France Flight, por exemplo, oferece 4 taças de vinhos por U$ 14,10: Pinot Gris, Côtes du Rhone, Chardonnay e Bordeaux.

DSC_0301

10 – Reino Unido

Um dos pavilhões mais animados por causa do seu rock n’roll, não poderia ser complementado de outra forma: cerveja, cerveja e mais cerveja. 🙂

No quiosque localizado na entrada do restaurante Rose & Crown Pub há diversas opções e as pessoas ficam por ali bebendo, conversando e aguardando o show de fogos começar.

A que mais nos agrada por lá é a Stella Artois, tradicional e conhecida pelos brasileiros. Custa U$ 8,50 e é muito bem-vinda nos dias quentes da Flórida.

frente

11 – Canadá

O último pavilhão é o que guarda menos surpresas. Por não ter um quiosque específico e por ter um dos restaurantes mais caros do Complexo Disney, o Le Cellier, ele fica em segundo plano na brincadeira, assim como o pavilhão dos Estados Unidos. 🙁

Vale mencionar que não somos especialistas em vinhos nem em qualquer outro tipo de bebida. Aliás, não bebemos com frequência, apenas gostamos de provar novos sabores de vez em quando.

Então, se houver algum especialista em qualquer tipo de bebida mencionada neste post que queira contribuir com alguma informação relevante sobre elas, sinta-se à vontade para fazer com gentileza nos comentários do Facebook. 😉

DSC_0294

Dicas para fazer o Drinking Around the World e o Wine Walk no parque Epcot:

Não vá com muita sede ao pote, literalmente. Aprecie com moderação para não “pagar mico” e ser convidado a se retirar do parque. Todos, salvo raras exceções, entendem que estão dentro de um parque temático, onde há crianças e idosos, e respeitam o restante dos visitantes.

Separe um dia apenas para isso para que não haja correria e você acabe bebendo rapidamente, o que não vai gerar um bom resultado. A brincadeira é para degustar. E isso tem que ser feito com a maior calma e tranquilidade do mundo.

Esteja com seguro-saúde, pois caso passe mal, o sistema de saúde americano não é como o brasileiro. Falamos sobre isso neste vídeo.

Esteja portando seu passaporte original. Para consumir bebida alcoolica em qualquer estabelecimento americano é preciso apresentar documento original com foto e ter mais de 21 anos. Mesmo você já tendo alguns cabelos brancos, o atendente pode pedir sua identidade e, esta não sendo apresentada, ele tem todo o direito de não lhe trazer a bebida solicitada. É a lei americana e não tem “jeitinho” para resolver isso. Tem documento, eles trazem a bebida. Não tem, fica sem. Simples assim. srsrs 🙂

Seja um “iniciado” no mundo das bebidas. Se for inciante, corre o risco de não conseguir cumprir o desafio e parar a brincadeira na metade dos pavilhões. Tudo bem que isso não acarretará em nada, mas o legal é cumprir o desafio e comemorar no final com os amigos.

Prepare o bolso. Faça o cálculo do que irá consumir antes de ir para o parque. Com os preços e sugestões de bebidas que demos neste post você já consegue ter ideia do que vai consumir e quanto vai gastar.

Não há informação oficial nos sites da Disney sobre o Drinking Around the World, pois ele não foi criado pela Disney, mas sim pelos próprios visitantes do parque. Você encontrará outros tipos de informação sobre bebidas e preços em blogs americanos, que são os que mais aderem à brincadeira.

Segurança em primeiro lugar. Se você já saiu do hotel com a intenção de visitar este parque para consumir bebidas alcoolicas, pense em como vai voltar para o hotel no fim do dia. Você pode até ter ido de carro, mas voltar com ele, nem pensar! Se for parado pela polícia no caminho, as consequências serão sérias. As leis americanas são rígidas e aconselhamos a segui-las sempre, em todas as situações.

Arriba, abajo, al centro y adentro! 🙂

Até o próximo post!

Temos diversos vídeos relacionados ao tema EPCOT em nosso Canal no Youtube.

Se inscreva em nossas Redes Sociais para não perder nenhuma dica nossa sobre Orlando:

 

INSTAGRAM

FACEBOOK

Se você é um dos viajantes dos próximos meses e ainda não fez seu roteiro de viagem, conheça o Guia Virtual Rumo a Orlando Direto ao Ponto – Versão 2016 clicando aqui. Temos certeza que ele ajudará bastante na sua viagem, pois tem 23 dias de programação sugerida, passo a passo e indicações de agendamento de Fast Pass, guia de GPS completo com endereços, sugestões de locais para compras e restaurantes, rota a seguir dentro dos parques e diversas dicas importantes para uma viagem internacional.

orlando_site

  1. Ana Luisa Salazar says:

    Rebeca, adoro os vídeos e dicas de vcs, que me foram muito úteis quando fui a Orlando em 2015. Como saudade e vontade de voltar são características comuns de quem vai a Orlando e parques (rsrsrs), continuo seguindo o vlog e o blog do Rumo a Orlando. Vc mencionou que no pavilhão da França se encontra mais 2 tours de bebidas mas, na verdade, acho que são três. Vc viu no menu o “Champagne Flight”?

    1. Rumo a Orlando says:

      Oi Ana Luisa, tudo bem?

      Obrigado por acompanhar nosso trabalho. 😉
      Vamos verificar esta terceira opção. Obrigado.

      Abraços.

error: Conteúdo protegido.